Laculá - Guia de locais, as melhores cidades, lugares e serviços, em Fortaleza e Região

Imagem Interna

Centro

Resumo

O bairro do centro abriga a maior concentração de comércios e serviços de Fortaleza. Além de todo tipo de produtos e serviços (restaurantes, teatro, centro cultural etc), é possível também conhecer lugares históricos de grande importância e beleza.

 

História

O bairro desenvolveu-se às margens do riacho Pajeú. O bairro abriga o berço histórico da cidade: o Forte Schoonenborch, construído pelos holandeses durante sua segunda permanência no local, entre 1649 e 1654.

 

A região começou a ganhar importância ainda no século 17, com o início da ocupação portuguesa na cidade. Nesse período, foram erguidas as primeiras grandes construções, como o Forte De Nossa Senhora de Assunção. Posteriormente, foram erguidas a Santa Casa de Misericórdia e a antiga Catedral Metropolitana.

 

O centro histórico passou a ter importância cultural ainda maior a partir de 1871, quando foi construída a Praça do Ferreira. Cafés, bares e diversas lojas foram tomando o espaço. Consequentemente, o movimento aumentou bastante.

 

Outros pontos históricos

Teatro José de Alencar

Teatro José de Alencar foi erguido em 1910  apresenta arquitetura eclética e sala de espetáculo em estilo art nouveau de três andares que comporta 800 lugares. O complexo do Theatro conta ainda com auditório de 120 lugares, foyers, espaço cênico a céu aberto e o prédio anexo, com 2 600 metros quadrados.

 

Praça dos Mártires

A Praça dos Mártires, também conhecido como Passeio Público, é a mais antiga praça da cidade de Fortaleza, Ceará. Além da bela vista para o mar, a praça possui como atrativos naturais diversas árvores centenárias, como o famoso baobá plantado por Senador Pompeu em 1910. Seu nome atual foi definido em 11 de janeiro de 1879 pela Câmara Municipal de Fortaleza.

 

A praça foi planejada na década de 1891 por Silva Paulet. Durante o governo de José Félix de Azevedo e Sá a área foi cuidada e nesta época houve a execução dos revolucionários da Confederação do Equador: Azevedo Bolão, Feliciano Carapinima, Francisco Ibiapina, Padre Mororó e Pessoa Anta, que foram executados naquele local em 1825.

 

Museu do Ceará

O Museu do Ceará atual tem suas coleções originadas no primeiro museu do Ceará, pertencente ao médico Joaquim Antônio Alves, que, em 1873, organizou uma coleção de objetos e fragmentos da natureza. Essa coleção compôs o Museu Provincial, que funcionou entre 1875 e 1885 como uma das dependência do Gabinete Cearense de Leitura. A partir de 1894, Francisco Dias da Rocha formou uma coleção para o Museu Rocha, que funcionou até 1950.

O Museu Histórico do Ceará só foi criado em 1932, pelo então governador Roberto Carlos Vasco Carneiro de Mendonça. Foi criado conjuntamente com o Arquivo Público do Estado. Em 1951, o Arquivo Público foi transferido para o Palácio Senador Alencar, ficando o museu no edifício da Praça da Sé até 1957, passando para a tutela do Instituto do Ceará. Em 1955, houve a incorporação de novas peças ao acervo, as coleções indígenas do antigo Museu do Instituto e do Museu Rocha, e este último passou à denominação de Museu Histórico e Antropológico do Ceará.

 

Mercado Central de Fortaleza

O Mercado Central de Fortaleza é um mercado especializado em produtos artesanais cearenses localizado na cidade de Fortaleza, Ceará, Brasil.

A história do Mercado Central começa em 1809, com a autorização da Câmara Municipal para a construção, em madeira, do mercado que a funcionou inicialmente para o comércio de carnes, frutas e verduras. Em 1814, as instalações foram demolidas e um novo prédio foi erguido com a denominação de Cozinha do Povo.

Já no século XX, em 1931, o comércio de carnes, frutas e verduras foi proibido dentro do prédio, e as instalações foram ocupadas por produtos utilitários e decorativos feitos artesanalmente, sobretudo vestimentas, artigos de cama e mesa, derivados do caju e bebidas e doces típicos.

Várias reformas foram realizadas. Em 1975, no entanto, o mercado foi totalmente renovado e reinaugurado, ocupando um espaço de 1.200 metros quadrados. O mercado vendia todo tipo de artesanato produzido no Ceará, em especial rendas de bilro, redes e cerâmicas. Nessa época, Fortaleza começou a se desenvolver enquanto importante destino de turismo no Brasil, e, a partir disso, o Mercado Central passou a figurar como atração cultural.

 

Igreja do Rosário

Em 1730 um negro escravo africano tomou a iniciativa de erguer uma capelinha de taipa e palha no mesmo lugar da atual.

Em 1742 o Padre Gomes Correia recomendou que os senhores de escravos permitissem que estes trabalhassem na manutenção e fizessem devoções na igrejinha. Em 27 de outubro de 1747 foi realizada ali a primeira festa da padroeira.

Em 1848, houve eleição dentro da Igreja do Rosário, com conflito grave que resultou em derramamento de sangue dentro do recinto.

 

Catedral Metropolitana de Fortaleza

A Catedral Metropolitana de Fortaleza é um templo católico e monumento histórico, sede da Arquidiocese de Fortaleza, em Fortaleza, Ceará, Brasil. Foi construída no local da antiga Igreja da Sé. A obra demorou quarenta anos para ser concluída, tendo sido iniciada em 1938 e inaugurada em 1978. Tem capacidade para 5 000 pessoas e suas torres chegam a 75 metros de altura. Ocupando a maior parte da Praça Pedro II, também conhecida como Praça da Sé, no centro histórico de Fortaleza, o templo se destaca pela imponência arquitetônica e a beleza dos vitrais. O arquiteto francês George Maunier assinou o projeto de estilo eclético, com predominância de elementos góticos e românicos e com referências à Catedral de Colônia e à Catedral de Chartres. São José é o santo vinculado à catedral.

 

 

 

 

 

Áreas de lazer

Teatro José de Alencar

R. Liberato Barroso, 525 - Centro, Fortaleza - CE, 60030-160

Telefone: (85) 3101-2583

 

Praça dos Mártires

Rua São Paulo, 51 - Centro, Fortaleza - CE, 60030-100

(85) 3101-2610

 

Museu do Ceará

Rua São Paulo, 51 - Centro, Fortaleza - CE, 60030-100

Telefone: (85) 3101-2610

 

Parque das Crianças

R. Pedro I, s/n - Centro, Fortaleza - CE, 60035-100

 

Cine-Teatro São Luiz

Rua Major Facundo, 500 - Centro, Fortaleza - CE, 60025-130

Telefone: (85) 3252-4138

 

 

 

Estabelecimentos Comerciais

O bairro do centro abriga a maior concentração de comércios e serviços de Fortaleza.

 

O que fazer no bairro

No centro você pode resolver qualquer assunto pois o lugar abriga os mais variados serviços, também é possível encontrar restaurantes, faculdades, shoppings, pousadas, hotéis, supermercados e etc. Além do centro repleto de pontos turísticos para conhecer o centro é ideal para fazer compras.

 

 

Informações do bairro

  • Passeio Público

    Praça dos Mártires - Centro, Fortaleza - CE

  • Centro Cultural Dragão do Mar

    R. Dragão do Mar, 81 - Praia de Iracema, Fortaleza - CE - Telefone: (85) 3488-8600

  • Museu do Ceará

    Rua São Paulo, 51 - Centro, Fortaleza - CE - Telefone: (85) 3101-2610

  • Teatro José de Alencar

    Rua Liberato Barroso, 525 - Centro, Fortaleza - CE - Telefone: (85) 3101-2583

  • Mercado Central de Fortaleza

    Av. Alberto Nepomuceno, 199 - Centro, Fortaleza - CE - Telefone: (85) 3454-8586

  • Hospital Geral Dr. César Cals de Oliveira

    Avenida Imperador, 545 - Centro, Fortaleza - CE, Atendimento 24 horas - Telefone: (85) 3101-5340

  • Delegacia Geral da Polícia Civil

    Rua do Rosário, 199 - Centro, Fortaleza - CE - Telefone: (85) 3101-7300

  • Hospital Instituto Doutor José Frota

    Rua Barão do Rio Branco, 1816 - Centro, Fortaleza - CE - Atendimento 24 horas - Telefone: (85) 3255-5000

  • Delegacia de Defesa da Mulher

    Endereço: R. Manuelito Moreira, 12 - Benfica, Fortaleza - CE, 60025-210 - Telefone: (85) 3101-2495

É laculá no Centro